Este blogue é atualizado de acordo com os resultados obtidos após atenta e minuciosa pesquisa.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 15 de junho de 2016

C * D

CABEÇÃO - gola, colarinho
CABIDELA - cabimento, assunto
CACHENÉ - lenço para agasalhar o pescoço
CACHUCHOS - anéis com grandes brilhantes
CADINHO - vaso onde se fundem metais
CALÃO - linguagem reles, gíria
CALÇADO DA MÃO - diz-se do cavalo com malhas nas patas
CALCANTE - sapato
CALÇÃO - bom cavaleiro
CAMAREIRA - mulher que faz seviço em bares
CAMBÃO - sociedade para comprar coisas em leilões
CAMBRAIA - tecido fino de linho ou algodão
CAMENAS - que inspiram poetas, musas
CAMONE - (calão) turista americano ou inglês
CAMPANUDO - pomposo, empolado
CAMPINO - homem do campo, guardador de touros, pastor
CANAPÉ - género de sofã
CÂNDIDA - pura, inocente, alva
CÂNDIDAS - puras, inocentes
CANEIRA DA MARACHA - pequeno canal de água (caneira), que separa os canteiros nas hortas (marachas)
CANETAS - (calão) pernas
CANJIRÃO - grande vaso para vinho
CANTOCHÃO - canto tradicional monótono e repetitivo
CAPACHO - pessoa demasiado servil
CAPATÃO - nome vulgar dado a uma espécie do peixe "Pargo"
CAPELO - espécie de capuz de religiosos
CAPONA - égua pequena mas forte
CARCAÇA - esqueleto
CARCOMIDA - gasta, corroída
CARPIR - soltar lamentos, gemer
CARRASCÃO -  vinho forte e adulterado
CARURU - espécie de esparregado, apetitosa iguaria
CÃS - cabelos brancos
CASA-de-TIA  - casa de prostituição, bordel
CASCATA - (calão) velhota
CASTORINA - tecido de pele de castor
CATERVA - muita gente, multidão
CATINGA - cheiro desagradavel
CATRAEIRO - barqueiro (de catraia)
CATRAPISCA - pisca o olho, namoradeira
CATRE - cama tosca e pobre
CATURRAR - discutir, teimar
CAUDILHO - chefe militar
CÁUSTICO - irónico, sarcastico
CAVALHADAS - torneios populares a cavalo
CAVO - ôco, cavernoso, profundo
CEATA - boa ceia, patuscada á noite
CEBOLA - (calão) relogio
CEGADA - mascarados cantando e pedindo. Peça em verso
CEGARREGA - muito palavreado, impertinência
CENTELHAS - faíscas de entusiasmo
CÉPTICO - descrente, duvidoso
CERRO - colina, outeiro
CERÚLEA - da cor do céu, azul celeste
CHACINAS - morticínios, matanças
CHAPADAS - encostas
CHARANGA - fanfarra à base de instrumentos metálicos de sopro
CHARNECA - terreno árido e inculto
CHARRUA - máquina de lavrar a terra
CHAVALA - (calão) rapariga, moça
CHICÓRIA - reles, impertinente
CHINFRINEIRA - desordem, algazarra
CHORA - carro de tracção animal para transporte público usado em Lisboa
CHORISIA - namorada, amante
CHORUME - abundância, opulência
CHOUPAL - mata de choupos (árvores)
CHUCHU - (calão do Brasil) muito, em abundância
CHUNGA - (calão) mau, que não presta
CIBÉRIO - espaço onde circulam dados e informações
CICUTA - planta da qual se extrai um líquido venenoso (Sócrates foi morto pela cicuta)
CILICIO - tormento, sacrificio voluntario
CINGIU - abraçou, envolveu
CIOSOS - desejosos, ciumentos, invejosos
CIPRESTE - símbolo da morte, da tristeza e dor
CÍRIOS - velas de cera
CITAR - avisar, intimar
CLARANTE – janela
COCHICHO - assobio com fole que, soprado, imita o som do pássaro com o mesmo nome
COIO - ordinário, reles
COJITO - reflicto, imagino
COLOMBINA - ladina, sedutora, esperta
COM TODOS OS "MATADORES - completo, com motivos sedutores
COMPADRIO - favorecimento, conluio, combinação para prejudicar outrem
CÔNCAVO - curvo, enviosado
CONCEITOS - opiniões, entendimentos
CONCHEGADINHA - agasalhada, confortada
CONCISO - preciso, exacto
CONDÃO - dom, virtude especial
CONFINA - estabelece barreiras, limita
CONFRANGER - causar dor, atormentar, angustiar
CONLUIO - combinação para prejudicar outrem
CONTRISTADO - penalizado, entristecido
CORCEL - cavalo nobre e belo
CORDAME - conjunto dos cabos de uma embarcação
CORJA - gente grosseira, gentalha
COROLA - conjunto de pétalas das flores
CORREEIRO - que faz ou vende correias ou outras obras de couro como: arreios, malas, etc
CORTAR - (calão) roubar
CORUSCANTES - reluzentes, faíscantes
COUPLET - (do francês), quadra
COVAL - terreno no cemitério
CRAVELHA - peça que retesa as cordas de instrumentos musicais
CREPÚSCULO - decadência, ocaso
CRIOULA - que fala um dialecto originário do português
CRISPAÇÕES – aborrecimentos
CUF - grande empresa industrial do Barreiro
CUIA - conflito, pancadaria
CURRO - conjunto de toiros que se correm no mesmo dia
CURTO (ferro) - diz-se do ferro mais pequeno que se crava no touro
- - -
DEAMBULANDO" - vagueando de um lado para outro
DEBULHADO - separado, descascado
DECANTADO - afamado, famigerado
DECEPA - interrompe, separa, desune
DECLINAR - recusar
DECRÉPITO - muito velho, gasto, arruinado
DEGENERADO - que perdeu qualidades,depravado
DEGREDADOS - desterrados, exilados
DEÍSTAS - que aceitam a existência de Deus mas regeitam qualquer culto
DELATOR - denunciante, acusador
DELEITA - dá prazer, delicia
DELFIM" - pessoa que será provavelmente o herdeiro de : título com que se designou o herdeiro do trono de França
DELIQUINDO - desmaiando
DELONGAS - demoras, adiamentos
DEMANDA - litígio, discussão
DENODADO - ousado, impetuoso
DERRADEIRO - último, do fim, extremo
DERRIBAR - abater, deitar abaixo
DERRUIR - desmoronar, derrocar
DESABRIDA - rude, áspera, insolente, grosseira
DESABROCHA - abre, desvenda
DESARRAIGO - arrancar pela raíz, destruição
DESBRAGADA - solta de linguagem, indecorosa
DESCANTES - cantadores, concerto de vozes
DESDÉM - desprezo, desalinho
DESDITA - desgraça, infelicidade
DESDOIRO - descrédito, vergonha
DESFASTIO - graça, bom-humor, distracção
DESGARRA - afasta, isola
DESGARRADA - cantiga popular ao desafio
DESGRUDADO – descolado
DESMANDOS - infracções, desobediências
DESPLANTE - atrevimento, descaro, ousadia
DESPOJOS - restos mortais
DESPÓTICO - tirânico
DESTREZA - geito, habilidade, agilidade
DESVARIO - desatino, extravagância
DESVELOS - cuidados, carinhos, dedicação
DETONANTE – explosivo
DEVASSAS - desonestas, corruptas
DEVESA - quinta murada, (cercada por muro)
DIADEMAS - coroa ou enfeite em forma de coroa no alto da testa
DIAPASÃO - instrumento de aço de dois ramos que dá o tom
DICHAVAR - interrogar, ditar
DIFUSO" - espalhado, derramado, divulgado
DILACERADAS - despedaçadas, amarguradas, destroçadas
DILECTO - preferido, muito querido
DILIGENTE - zeloso, cuidadoso
DIMANA - brota, flui, nasce
DISPLICENTE - descontente, desagradado, aborrecido
DITOSA - feliz, venturosa
DIVA - deusa, cantora notável
DIVISA - norma de conduta a seguir
DOBRES - toque dobrado de sinos
DOLENTE - que revela dor, magoado, triste
DONAIROSA - jovial, gentil
DORAVANTE - daqui em diante, futuramente
DOSSEL - armação de madeira que se coloca sobre as camas para ornamento
DOUTOS - muito instruidos, sábios
DRAMALHÕES - grandes dramas
DUCAL - da área do Duque
DUENDES - espíritos sobrenaturais que se supunha fazerem travessuras de noite dentro das casas
DÚLCIDO - meigo, delicado