Este blogue é atualizado de acordo com os resultados obtidos após atenta e minuciosa pesquisa.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 27 de junho de 2016

A

A DESORAS - fora de horas
ABEGÃO - carpinteiro
ABOMINÁVEIS - detestaveis, desprezíveis
ABROLHOS - contrariedades, sofrimentos
ABUSINADA - alapardada, sentada, refostelada
ACALANTOS - cantigas para adormecer crianças
ACÊRBA - severa, cruel
ACHANTRAR - (em calão) esconder
ACHEGAS - opiniões, auxílios, apontamentos
ACINTE - de propósito, de caso pensado
ACOITE - dar guarida, acolher
AÇORDA - migas de pão
ACOSSADAS - perseguidas, atormentadas
ACRISOLADO - purificado
AÇULADA - provocada, incitada
ACUTILANTE - fracturante
ADEJANTE - de movimentos livres, que voa
ADIÇA - mina de ouro que existiu entre Almada e Sesimbra. Serra de Portugal (Beja)
ADULADO - lisonjeado, bajulado servilmente
ADVERSOS - opostos, contrarios
AFÃ - ânsia, trabalho, sofreguidão
AFAGAR - acariciar, ameigar
AFIAMBRADA - apurada no trajar
AFICIONADOS - fãs de corridas de touros
AFOITO - corajoso, ousado, audaz
AGIOTA - interesseiro, especulador
AGOURO - previsão supersticiosa, bruxedo
AGRESTE - inculto, agressivo, bravio, grosseiro
AGUILHÕES - sofrimentos, vara com ponta de ferro usada para picar os bois
AJAEZADO - adornado, aparelhado
ALA-ARRIBA - voz que indica incitamento: "vamos, adiante, em frente
ALABASTRINO - branco de mármore
ÁLACRE - vivo, alegre
ALADO - com asas
ALAMAR - cordão de requife ou metal para abotoar a frente de vestuário
ALANCEIA - atormenta, aflige
ALARDE - aparato, ostentação, alarido
ALAZÃO - cavalo cor de canela
ALCANTILADA - talhada a pique
ALCANTIS - talhados a pique, íngremes
ALCATEIA - quadrilha de malfeitores
ALCATRUZES - vaso que passa pela nora com o qual se tira a água e o lodo
ALCOUCE - lugar de prostituição, bordel
ALEGRETE - (Manuel Teles da Silva. Marquês de Alegrete. Escritor e poeta amigo do fado
ALENTO" - ânimo, entusiasmo
ALEXANDRINO - diz-se do fado com doze sílabas
ALFANGE - sabre, espada curva
ALFIM - afinal, enfim
ALFOMBRA - campo arelvado
ALFORRIA - libertação
ALGOZ - carrasco, pessoa cruel
ALMOCREVE - condutor de bestas de carga, carregador
ALPERGATAS - sapatos de pano ou tiras de couro
ALQUEBRADO - enfraquecido, doente
ALQUILADOR - que aluga cavalgaduras para transporte
ALQUIMIA - a química da idade média
ALTANEIRA - altiva, magestosa
ALTER - raça de cavalo português
ALTIVEZ - soberba, orgulho
ALTRUÍSMO - dedicação ao seu semelhante, amor ao próximo
ALUMBRAS - iluminas, deslumbras
ALVAR - estúpido, parvo
ALVARÁ - licença, autorização para o exercício de qualquer actividade comercial
ALVÉOLAS - mulheres magras e franzinas
ALVITO - vila do concelho de Beja
ALVOR - primeiras luzes do dia
ÂMAGO - o centro, a essência
AMANHO - arranjo, preparo
AMANTILHADO - envolto numa mantilha ou xaile
AMARFANHA - humilha, amachuca, vexa
ÂMBAR - substância sólida e oleosa de perfume suave
AMOFINA - aflige, arrelia
AMORA - lugar do concelho do Seixal (Setúbal)
AMORDAÇA - impede, violenta, tapa a boca
AMURADA - muro, varandim
ANÁCRONO - retrógrado, de tempos passados
ANAIS - história de acontecimentos feita ano a ano
ANALOGIA - semelhança, parecença
ANCESTRAL - antigo, relativo a antepassados
ANCIĀO - antigo, homem muito velho
ANDAR AOS BALDÕES - à desventura, às contrariedades, ao infortúnio
ANDARILHO - que anda muito
ANDEIRO - (calão) prisão do Limoeiro
ANDRAJADO (mal)  - mal vestido, com roupa rota e suja
ANELOS - desejos ardentes, ânsia, aspirações
ANIQUILA" - reduz a nada, extingue, abate, destroi
ANTANHO (de) - de outrora, dos tempos passados
ANTE - perante, diante de:
APÊRO - fita de couro, arreios
ÁPICE - momento, instante
APORTEI - cheguei ao porto, fundeei, ancorei
APOUCA - rebaixa, amesquinha, humilha
AQUIETA - apazigua, serena, acalma
ARABESCOS - ornamentos artísticos árabes
ARANHOTA - sardinha
ARAUTOS - mensageiros, proclamadores
ARCANOS - secretos, ocultos
ARCHEIRO - (calão) ébrio, bêbado
ARDINA - vendedor de jornais
ARGÊNTEA - prateada, da cor da prata
ARISTOCRATA - distinto, gentil, culto, da classe dos nobres, nobre, privilegiado
ARMINHO - alvura, pureza
ARPOEI - segurei com o arpão, ancorei
ARQUILHO - anel
ARRAIS - mestre ou patrão de uma embarcação
ARREBOL - vermelhidão no céu ao pôr do sol
ARROBADO – pesado
ARROJO - coragem, audácia
ARROTEAR - desbravar, educar
ARTILHEIRO - soldado de artilharia
ARVOREI - fingi, emitei, alardeei
ASCENDENDO – subindo
ASCETA - que se dedica à vida de oração, eremita
ASPÉRRIMO - áspero, grosseiro, desagradável
ÁSPIDE - pessoa maledicente
ASSAZ - suficientemente, o bastante, quanto é preciso
ASSAZ" - o bastante, quanto é preciso, suficientemente
ASSOALHA - põe a descoberto
ASSOMAR - aparecer, aflorar, emergir
ASSOMO - ímpeto, aparição
ASSOPRADO - que o vento "empurrou" com força
ASTUTO - manhoso, sagaz, traquinas
ATALAIA (estar de) - estar de sobreaviso, de vigia, a observar
ATALAIA (estar de) - estar precavido, atento
ATASQUEIRO - terra mole
ATAVIADOS - enfeitados, adornados
ATILHO - cordão para atar
ÁTOMO - momento, curto espaço de tempo
ATRÊGO - (calão alentejano) acaso
ATROPELO - desprezo, passar por cima de
ATROZ - doloroso, lancinante, desumano
ATURDIDO - perturbado, atordoado
AUDAZ - arrojado, ousado, valoroso
AUGUSTO" - magestoso, magnífico, solene, venerando
ÅUREO - brilhante, de ouro, apogeu
AUSTERA - severa, rígida
ÁVARO - avarento, sovina
AVENTAR - deitar fora
AVENTURO - aventureiro, audaz
AVERBADO - registado por meio de verba
AVIDEZ - sofreguidão, desejo imoderado
AZENHA - moínho de roda movido a água
AZOUGADAS - espertas, vivas